bull trap

Bull Trap: saiba como identificar

No mercado financeiro, existem diversas expressões utilizadas para identificar equívocos nas tendências, as quais são previstas por analistas, traders e investidores. Existem duas expressões muito conhecidas pelos investidores: bull trap e bear trap. Bull quer dizer touro e bear quer dizer urso. No mercado financeiro, essas palavras estão associadas à forma como os animais tratam suas vítimas. 

O touro ataca sua vítima com os chifres, jogando-a para cima. Já o urso dá golpes em direção ao chão, para derrubar sua presa. Isso explica porque bull remete à alta e bear à queda.  

Saber o que significa e como funcionam esses dois termos no mercado financeiro é muito importante, porém, hoje, nosso estudo vai se fixar somente em bull trap. 

O que é bull trap?

Bull trap marca um período de muito otimismo no mercado financeiro e ele é chamado de bull market. No mercado financeiro, esse momento determina a valorização fora do normal de um ativo. De modo geral, ocorre quando a alta dos ativos superam 20%. E diante desse cenário de valorização, os investidores acabam sendo atraídos, bem mais do que em dias normais. 

Porém, um momento que poderia ser de grande felicidade, com a supervalorização de um ativo, pode acabar trazendo muita dor de cabeça aos investidores. Isso porque essa valorização nem sempre acontece. 

Muitos investidores utilizam a análise gráfica para aproveitar esses momentos em que o ativo analisado ultrapassa o nível de resistência. Entretanto, quando chega ao nível de resistência, os investidores acreditam que o preço começará a se recuperar e ter uma trajetória de valorização. 

Por só usar a análise gráfica para tomar decisões de compra de um ativo, muitos investidores acabam amargando um grande prejuízo. Nesses momentos, acreditando na valorização, muitos especuladores compram ativos achando que ele vai se valorizar. Porém, ele acaba desvalorizando ainda mais. 

Pode-se dizer que um bull trap é uma armadilha que faz com que os investidores acreditem em um movimento de alta. Essa expressão é traduzida como armadilha de touro, pois pega os investidores desprevenidos com posições compradas.  

Como funciona o Bull trap? 

Para identificar um bull trap, é preciso estar familiarizado com análise técnica. Isso porque é necessário identificar topos e fundos de gráficos, bem como identificar os níveis de resistência. 

O bull trap é uma armadilha, isto é, um sinal falso que engana os investidores, levando-os a acreditar que o ativo terá uma reversão e começará a subir o seu preço. 

Começa assim: depois de uma baixa bastante expressiva, o mercado começa a se recuperar, também de forma expressiva. Entretanto, a armadilha acontece quando a recuperação do mercado não se sustenta, isto é, quando a tendência de alta não acontece. É como um alarme falso: dá todos os indícios de uma alta, porém, um tempo depois, o mercado volta à baixa. 

 Sinais comuns de um bull trap

No mercado financeiro, não existe previsibilidade. Nada garante que um bull trap possa ser evitado, porém, para você não ser pego desprevenido e não ter grandes perdas, nós vamos dar algumas dicas que ajudam a identificá-lo: 

  • Testes de mercado: se o mercado estiver testando o nível de resistência constantemente, sem ocorrer o rompimento, pode ser um indício de uma pressão fraca de alta. 
  • Intervalo em gráfico: é formado um intervalo quando o preço sobe e desce no nível de suporte e resistência. 
  • Candle longo verde: se o candle longo verde aparecer antes da mudança da direção do mercado, isto é, um candle longo no final de uma alta em um mercado de baixa, pode ser um dos indicadores de que há um número maior de compradores. 
  • Sobrecompra: se o ativo estiver em sobrecompra, há possibilidade de reversão de baixa pouco tempo depois do rompimento. 
  • Sobrevenda: se o ativo estiver em sobrevenda, há possibilidade de reversão de alta, mesmo após atingir o nível de resistência.

Quais os riscos de um bull trap?

Para os investidores, principalmente os traders, é fundamental conhecer todos os riscos de um bull trap. Vejamos quais são: 

  • Risco de perdas: há um forte risco de perdas elevadas se as tendências não se confirmarem. 
  • Percepção errônea: é possível, principalmente com investidores inexperientes, que eles tenham uma percepção errônea do nível de resistência. 
  • Confiar na análise gráfica: confiar somente na análise gráfica é muito arriscado, já que é preciso levar em consideração os eventos reais que acontecem por trás dos preços dos ativos negociados. 
  • Manter ativos: risco de ter que manter os ativos comprados de forma ineficiente, justamente para não ter prejuízo. 

Comece a investir em criptomoedas?

Você pode comprar Bitcoin, Ethereum ou outras criptomoedas na plataforma da NovaDAX. É possível, inclusive, negociar Bitcoin com taxa zero! 

Compartilhe

Leia mais