efeito manada

Saiba o que é efeito manada e como não cair nessa armadilha

Você já deve ter ouvido falar de pessoas que são “Maria vai com as outras”, não é? Esse termo é usado para pessoas que não têm opinião própria ou se sentem inseguras com suas opiniões e preferem aderir a um pensamento ou opinião de outra pessoa.

No mundo dos investimentos também existem pessoas que são “Maria vai com as outras”, investidores que não têm conhecimento suficiente e acabam por se deixar levar por opiniões, muitas vezes de pessoas que também possuem pouco conhecimento, e por isso acabam por seguir a manada.

O que é manada e o que ela tem a ver com investimentos?

Você já deve ter visto um bando de animais seguindo uma manada. Eles andam em grupos para se proteger.

Nos investimentos, esse movimento de seguir o bando se chama “efeito manada”.

O efeito manada é quando alguém se deixa levar pelo comportamento do coletivo, sem fazer nenhum tipo de análise crítica, simplesmente segue o bando por imitação ou por falta de conhecimento, pois acredita que esse é o melhor caminho.

Quem está começando agora a investir tem a tendência de ter esse comportamento, pois ainda não sabe muito bem onde e como investir. Age de acordo com alguma informação ou acontecimento no mercado financeiro.

Esse tipo de comportamento é bem comum nos investimentos, porém pode movimentar o mercado tanto positivamente quanto negativamente.

Como o efeito manada impacta os investimentos?

O efeito manada pode desencadear a queda de preço de um ativo. Isso pode acontecer por uma notícia ou boato sobre determinada empresa ou ativo. Diante de uma notícia negativa, os investidores começam a vender os seus ativos e com isso ocorre a queda do preço. O contrário também costuma acontecer: quando uma empresa começa a crescer e os investidores começam a comprar os ativos e o preço dispara.

Esse movimento se dá pelo efeito manada, que pode ser tanto positivo quanto negativo, porém o que se vê é que esse movimento muitas vezes ocorre somente por boatos e não por dados concretos.

Para evitar que você seja influenciado pelo efeito manada é preciso prestar atenção a algumas dicas:

  • Tenha objetivos: para evitar o efeito manada, você precisa estar bem ciente dos seus objetivos e aonde quer chegar. Isso fará com que você tome decisões pensando no futuro e não no momento.
  • Tenha sangue frio: evite seguir o bando, mas tome suas próprias decisões em cima dos seus objetivos, expectativas e conforme o seu perfil de investidor. Uma decisão errada pode fazer você perder dinheiro.
  •  Busque fontes confiáveis: busque estar sempre informado e com fontes seguras. Seguir pessoas que entendem do assunto pode fazer com que você tenha outra visão para tomar decisões mais assertivas.
  • Não acredite em qualquer um: recomendações de compra de ativos só devem ser levadas em consideração se o profissional é habilitado para fazer indicações. 
  • Use a razão: não se deixe levar pelas emoções. Ao saber de alguma notícia, procure saber se a informação é real antes de tomar qualquer decisão. Não siga a manada só porque todos estão indo na mesma direção. Questione as informações e essas atitudes.
  • Tenha paciência: em muitos momentos, a única coisa que você terá que fazer é esperar passar a volatilidade do ativo.
  • Mantenha sua estratégia: quando você começa a investir, você tem metas e, para alcançar essas metas, precisa de estratégia. Siga a sua estratégia, pois, se você traçou uma estratégia, ela condiz com o seu perfil de investidor.
  • Estude sempre: estude os ativos nos quais você vai investir, acompanhe as análises e verifique as informações, os números e os dados apresentados.
  • Mantenha-se informado: acompanhe as notícias no mundo e no Brasil sobre economia e investimentos ou qualquer tipo de notícia que pode impactar os resultados dos investimentos.

 Como o efeito manada pode prejudicar os preços das criptomoedas?

O efeito manada também causa volatilidade nas criptomoedas. Quem não se lembra quando Elon Musk disse que aceitaria bitcoin como pagamento dos carros da Tesla? Isso fez com que a moeda tivesse uma supervalorização e começasse a subir.

Com a supervalorização, mais e mais pessoas aderiram ao efeito manada e começaram a comprar bitcoin, isto é, compraram a moeda na alta. Porém, um tempo depois, Elon Musk anunciou que não iria mais aceitar o bitcoin como forma de pagamento pelos seus carros, devido à moeda consumir energia não renovável.

Essa afirmação fez com que o bitcoin caísse consideravelmente e, provavelmente, essas mesmas pessoas que aderiram ao efeito manada e compraram o bitcoin na alta, acabaram vendendo suas moedas por um valor muito abaixo do que compraram.

Essa atitude ocasionou um prejuízo muito grande para quem vendeu seus bitcoins. Quem aderiu ao efeito manada acabou vendendo os seus bitcoins por um valor bem baixo e, consequentemente, acabou perdendo dinheiro.

O que as pessoas precisam entender é que momentos de baixa sempre vão acontecer e, quando acontecem, essas baixas são oportunidades para comprar e não para vender.

Compartilhe

Leia mais