o que é defi

Entenda o que é DeFi e quais são as vantagens

O termo “DeFi” é cada vez mais utilizado quando o assunto envolve as criptomoedas e a introdução da tecnologia no mercado financeiro. O universo de finanças descentralizadas engloba diversos tipos de inovações que quebram o padrão tradicional de como as negociações são feitas atualmente. A seguir, entenda o que é DeFi e quais mudanças isso traz para o mercado.

O que é DeFi?

DeFi” é a abreviação de “Decentralized Finance”, ou seja, “Finanças Descentralizadas”. A expressão caracteriza as aplicações baseadas em contratos inteligentes e blockchains que oferecem recursos que envolvem investimentos e finanças. Isso pode ser uma alternativa às instituições e aos serviços financeiros tradicionais, que dependem de uma empresa e das regulamentações de um país.

Outro conceito importante sobre o que é DeFi é o objetivo de facilitar os processos financeiros, tornando-os mais acessíveis, eficientes e rápidos, com custos mais baixos e sem burocracia. Ou seja, a meta do sistema DeFi é reconstruir a organização bancária de forma universal para unificar o mercado financeiro mundial.

 

Principais usos de DeFi atualmente

Cada vez mais surgem usabilidades DeFi diferentes, já que o conceito está sendo mais explorado, justamente pelos benefícios. Portanto, todos os serviços que temos atualmente no sistema financeiro tradicional estão sendo estudados no modelo DeFi. 

Para entender melhor o que é DeFi, saiba que a rede Ethereum, por exemplo, possibilita a criação de aplicações descentralizadas, utilizando contratos digitais, que possuem execução autônoma e possibilitam a elaboração de sistemas que proporcionam serviços financeiros descentralizados. A seguir, veja alguns exemplos. 

 

Criptomoedas

As criptomoedas DeFi fazem parte de uma categoria de moedas digitais das finanças descentralizadas, que oferecem alto potencial de valorização. Em sistemas financeiros descentralizados, é possível fazer empréstimos e outros serviços utilizando esse tipo de ativo.

 

Serviços financeiros

Existem diversos serviços financeiros oferecidos no sistema descentralizado que podem ser utilizados com token DeFi. É o caso de empréstimos, hipotecas, investimentos, entre outros. Além disso, há instituições, como a Uniswap, uma exchange descentralizada, nas quais é possível trocar moedas digitais com outros usuários.

 

Vantagens do sistema DeFi

Após saber o que é DeFi, é possível entender que esse modelo pode oferecer muitas vantagens, como custos mais baixos em serviços financeiros, o que torna os empréstimos mais acessíveis para os tomadores, além de gerar mais rendimentos para os credores.

Outra grande vantagem é a transparência que esse tipo de sistema oferece, já que os registros são feitos em blockchain. Por isso, também é possível manter mais segurança na validação das transações, sem omissão de dados.

Além disso, grande parte dos projetos são open source, como o app DeFi, por exemplo. Isso quer dizer que possuem código aberto, que possibilita o desenvolvimento da aplicação e a visualização da estrutura pelos usuários, facilitando a escalabilidade.

Para investir em DeFi, você não precisa ter nenhum tipo de qualificação, já que se tratam de aplicações abertas. Os próprios usuários geram valor e engajam o sistema, por isso ele tem grande potencial de desenvolvimento.

 

Como investir em criptomoedas DeFi

Agora que você já sabe o que é DeFi e quais são as vantagens, pode começar a investir. Para isso, basta ter uma conta em uma exchange de confiança, como é o caso da NovaDAX. Aqui, você encontra moedas descentralizadas para investir com segurança, praticidade e sem burocracias.

Além disso, você encontra as criptomoedas mais conceituadas do mercado financeiro, com alta liquidez e taxas mais baixas. Para oferecer uma experiência completa, disponibilizamos suporte personalizado e rápido, via chat, em tempo real. Abra a sua conta conosco e comece já a negociar ativos digitais!

Compartilhe

Leia mais