queda do bitcoin

Entenda o motivo da queda do Bitcoin

O mercado das criptomoedas está sempre mudando, seja por acontecimentos na política do mundo, questões econômicas ou até mesmo um comentário feito por uma pessoa respeitada na comunidade. Foi o caso da queda do Bitcoin devido a uma fala de Elon Musk sobre não aceitar mais a moeda digital na compra de seus carros elétricos.

O fundador da Tesla falou sobre o impacto ambiental que a mineração da moeda pode gerar, já que, em alguns casos, é necessário certo consumo de energia para o processo. Após a declaração, foi possível notar uma queda no Bitcoin. Porém, a criptomoeda já se recupera do episódio.

Além de Musk, Bill Gates, criador da Microsoft, também deu sua opinião sobre a questão, assim como outras personalidades que se dividem sobre o assunto. Entenda melhor a seguir porque o Bitcoin caiu e as medidas que estão sendo tomadas para a redução do impacto ambiental na mineração de criptomoedas.

Queda do Bitcoin e o inverno das criptomoedas

A queda do Bitcoin também abriu espaço para a discussão de outra questão, o chamado “inverno das criptomoedas”. Esse período acontece logo após o fim do Bullish, ou seja, uma época de alta no mercado financeiro mundial. É quando as criptomoedas estão mais desvalorizadas e permanecem em baixa.

O termo veio à tona após o evento que desencadeou a queda do Bitcoin, já que esta é a mais conhecida moeda digital do mercado e tem influência sobre as demais. A questão que envolve a mineração e o meio ambiente também afetou outras criptos, por isso, houve baixa geral.

De fato, a mineração de Bitcoins consome muita energia elétrica devido à potência que os computadores precisam ter para o processo. Segundo um estudo feito pelo Digiconomist, a mineração da criptomoeda causa a emissão de 37 milhões de toneladas de dióxido de carbono.

Entretanto, é possível notar uma emissão superior em outros setores, como no caso dos videogames que, somente nos EUA, são responsáveis pela emissão de 12 milhões de toneladas de CO2 ao ano. Além disso, quando comparada às emissões geradas por automóveis e fábricas, a de Bitcoin é irrevogavelmente inferior.

Medidas para conter emissões de CO2

Em uma tentativa de minimizar o impacto ambiental do processo de minerar Bitcoins, um estudo feito pela Universidade de Cambridge mostrou uma redução nas operações na China.

Ou seja, com menos máquinas sendo utilizadas para a mineração, menos energia é consumida no processo. Além disso, foram adotadas regras mais rígidas em relação aos equipamentos utilizados no processo, tirando de circulação computadores mais antigos que exigiam um consumo maior.

Outra medida é a busca por fontes renováveis de energia para alimentar as máquinas de mineração de Bitcoin. Mike Colyer, CEO da Foundry, uma empresa de criptomoedas, declarou que muitos mineiros estão procurando alternativas para minerar moedas digitais.

“Apesar de o bitcoin ter sofrido grandes quedas após atingir sua alta histórica isso não me preocupa, já vimos essas variações ocorrendo antes, são correções naturais do mercado. Nossa expectativa é que o BTC continue se recuperando e atinja valores cada vez mais altos até ultrapassar novamente seu all time high e chegar a um novo recorde” Beibei Liu – CEO NovaDAX

Espera-se também que a rede de Bitcoins passe a ser composta por plataformas mais eficientes, que terão o dobro da capacidade de mineração, consumindo menos ou a mesma quantidade de energia. Assim, o processo não é prejudicado e é possível evitar um grande impacto no meio ambiente.

Entenda mais sobre Bitcoin

Com a recuperação da queda do Bitcoin e a volta da alta, os investidores continuam negociando essa criptomoeda no mercado mundial. Se você se interessa pelo assunto e está planejando negociar moedas digitais, é essencial entender mais sobre Bitcoin e as vantagens de investir nesse token.

Para isso, confira nosso artigo sobre como investir em Bitcoin e saiba mais sobre como essa moeda digital surgiu, sua evolução ao longo dos anos e como negociá-la no mercado de criptomoedas. Confira também outros conteúdos no blog da NovaDAX e fique por dentro das novidades desse universo.

Compartilhe

Leia mais

queda do bitcoin

Entenda o motivo da queda do Bitcoin

O mercado das criptomoedas está sempre mudando, seja por acontecimentos na política do mundo, questões econômicas ou até mesmo um comentário feito por uma pessoa