Investidor com as mãos nas teclas do notebook.

O que é hot wallet e como funciona?

Na carteira do mundo real, guarda-se dinheiro, cartões de crédito e débito, bem como documentos pessoais. Não seria diferente com as criptomoedas. Afinal, elas devem ser guardadas em algum lugar. No mundo virtual, elas são armazenadas em wallets (“carteira”, em inglês). Uma delas é a hot wallet.

Essa é uma forma muito segura e prática de carregar moedas digitais para usar onde estiver e na hora que precisar. Porém, a hot wallet não é a única forma de guardar esses ativos. Também há a cold wallet e a negociação via corretora ou exchange. Veja como elas funcionam com mais detalhes.

Carteira conectada

A hot wallet, carteira quente, fica conectada à internet o tempo todo. Na maior parte das vezes, ela é um aplicativo no qual você tem acesso aos seus ativos e quanto pode negociá-los (na compra ou na venda). É quase como um app de um banco disponível 24h.

A vantagem desse tipo de carteira é que dá para fazer as negociações do dia a dia, como comprar algo em lojas físicas ou virtuais (se os estabelecimentos aceitarem criptomoedas como pagamento), pagar contas e comprar ou vender criptomoedas de forma praticamente instantânea.

Contudo, há uma desvantagem: essa ferramenta pode oferecer algum grau de risco, ainda mais por estar conectada à internet. Como os dados públicos da conta ficam disponíveis no blockchain, um hacker pode tentar uma invasão para acessá-los.

Camadas de segurança

Os blockchains e os aplicativos de hot wallets sempre estão atentos e mantêm um alto nível de segurança. Assim, essa carteira de criptomoedas é uma boa opção, ainda mais para quem está começando nas moedas digitais.

Quais são as hot wallets?

Há vários tipos de carteiras quentes no mercado, cada um com características próprias. Vamos mostrar algumas para você escolher as melhores hot wallets para guardar suas criptomoedas.

Vale lembrar que elas cobram uma taxa de operação, a depender do tipo de negociação. Dessa forma, você precisa estar atento para saber se terá o valor necessário para pagar pela transação.

Metamask

É uma das mais conhecidas e roda tanto em celulares (Android e iOS) quanto em computadores — o Google Chrome tem até uma extensão que facilita o acesso do usuário. Ela guarda tokens com o protocolo ERC-20 e Ethereum, sem ter que baixar o blockchain para funcionar.

Investidor com as mãos nas teclas do notebook.

Atomic Wallet

Ela é muito versátil: suporta mais de 500 criptomoedas, funciona em Windows, Mac e Linux e pode ser usada em celulares Android ou iOS. É um DApp (aplicativo descentralizado) com uma interface bastante amigável, ideal para iniciantes no mundo das criptomoedas.

Mycelium

Ela surgiu algum tempo depois do Bitcoin. Por ser uma das mais antigas, só funciona em celulares Android e iOS. Ela permite fazer backup dos dados e dos ativos. Assim, caso você perca o celular, dá para restaurar tudo. Ela suporta Bitcoin, Ethereum e tokens ERC-20.

Coinbase

Coinbase é uma exchange de criptomoedas com a própria hot wallet, sem exigir conta na corretora para disponibilizar a carteira. Roda em PC e celular e permite que o usuário até participe de ICO (Oferta Inicial de Moedas). Aceita Ethereum e tokens ERC-20.

Hot e cold wallet

Há diferenças importantes entre cold wallet e hot wallet. Enquanto a hot wallet fica on-line 100% do tempo, a cold wallet funciona off-line. Ela usa um dispositivo físico que se assemelha a um pen drive para guardar as moedas. Assim, para ter acesso a elas, o usuário precisa de um PC.

Pode parecer um contra-senso ter uma carteira de criptomoedas em formato físico, mas isso tem um motivo. Esse é um dos tipos de carteiras de criptomoedas mais seguros que existem. Justamente por estarem off-line, impedem que hackers tentem acessá-las via internet, ótimas para quem procura segurança máxima.

Diferença entre hot e cold wallet

É possível fazer um paralelo entre as hot e cold wallets com contas em banco. A hot wallet funciona como uma conta-corrente, para gastos do dia a dia. O app desse tipo de carteira atua como um cartão de débito ou crédito (ou até chave PIX), de acesso fácil e rápido.

Já a cold wallet assemelha-se a uma aplicação financeira, como uma poupança. Assim, você a acessa quando precisar de alguma soma adicional ou até fazer negociações no mundo cripto. Dá para carregá-la por aí (ela é portátil), mas ela também pode ficar em casa ou em outro lugar seguro.

Exchanges

Fora do mundo das carteiras, há outra forma de negociar e guardar as criptomoedas: as exchanges. Elas são acessíveis por aplicativos e computadores. Por outro lado, cobram taxas pelas negociações porque custodiam os ativos digitais.

Saiba mais sobre criptomoedas

Entender a diferença entre cold e hot wallet é fundamental na hora de guardar suas moedas digitais. Para ficar por dentro do que acontece no mundo dos blockchains e das criptomoedas, acesse o blog da NovaDAX, com conteúdos gratuitos e atualizados. Confira agora mesmo!

 

Compartilhe

Leia mais