Moedas ethereum espalhadas.

O que é ERC e para que serve?

Um protocolo representa uma série de regras que devem ser seguidas para manter um padrão. Encontros de chefes de estado e relacionamentos entre líderes de empresas e governos, por exemplo, seguem normas. No blockchain, não seria diferente. Isso explica o que é ERC.

Sigla para Ethereum Request for Comments (Solicitação de Comentários do Ethereum, em português), o ERC é um protocolo que coloca um padrão no desenvolvimento de novas criptomoedas e tokens. Isso facilita muito a criação de coins e tokens porque eles “falam a mesma língua”. Veja como isso funciona na prática?

ERC e flexibilidade

O ERC foi criado no Ethereum. A primeira versão recebeu o nome de ERC-20 (há outras posteriores que corrigem erros da versão original). Com as regras estabelecidas pelo ERC-20, ficou mais fácil criar moedas e tokens seguindo um padrão, o que facilitou a interação entre eles.

Essa é uma enorme evolução ante o blockchain do Bitcoin, que foi o primeiro a surgir. Antes do ERC-20, cada desenvolvedor de uma criptomoeda era o proprietário do protocolo, e as regras eram individuais. Isso dificultava a interação entre tokens de plataformas diferentes.

Dessa forma, ao saber o que é ERC, um desenvolvedor já usa um protocolo pronto, sobre o qual ele pode criar novas moedas ou tokens. Os dApps, aplicativos descentralizados, surgiram por meio do ERC: afinal, eles rodam com coins ou tokens diferentes, mas sobre o mesmo protocolo.

Possibilidade de alterações

A facilidade de troca de informações é um dos pontos mais citados sobre o que é ERC. Ele funciona como se fosse um manual de instruções para a criação de tokens ou coins no blockchain. Assim, ao seguir as regras, você pode usar seus próprios ingredientes.

Isso significa que, caso ocorra algum problema ou instabilidade que não necessariamente seja detectado pelo desenvolvedor, isso pode ser solucionado usando esse mesmo manual de instruções. Esse protocolo permite que as transações possam ser desenvolvidas com maior segurança.

Solução inovadora

Pela flexibilidade, não foi à toa que o ERC se tornou tão popular: da criação, em 2015, ele foi amplamente adotado. A partir dele, a Initial Coin Offering (ICO), Oferta Inicial de Moedas, em português, ficou ainda mais comum, porque o protocolo facilita a criação.

Moedas ethereum espalhadas.

Outro quesito que ganhou impulso com o ERC foi o smart contract. O contrato inteligente é um acordo digital feito no ambiente do blockchain. Se as transações seguirem os contratos “ao pé da letra”, elas são concluídas e têm a autenticidade verificada.

A novidade trazida pelo ERC para o smart contract é que as movimentações na rede Ethereum não se resumem às trocas financeiras. O protocolo permite a criação e a troca de tokens, inclusive de governança e segurança, além de outros tipos de informações.

ERC-721

Lá atrás, falamos que o ERC-20 foi o protocolo original e que outros vieram depois para solucionar problemas ou oferecer soluções. O ERC-721 foi pensado para a criação de tokens não fungíveis (NFTs), por exemplo. As instruções permitem a criação de tokens exclusivos, únicos e que não podem ser copiados.

Obras de arte e itens de jogos puderam ser criados com esse protocolo. Por conta disso, os NFTs tomaram a dimensão que têm hoje. Quem adquire um deles tem a certeza de que ele é único, mas pode ser trocado com outra pessoa, já que um smart contract é criado para cada token.

ERC-1155

O ERC-1155 é a evolução do ERC-721. Ele também faz a troca entre NFTs e tokens fungíveis. A diferença é que não há a necessidade de criar um smart contract para cada NFT: um único contrato é gerado para cunhar várias moedas ou fazer vários NFTs.

Comparada a o que é ERC, a versatilidade da versão 1155 torna o processo mais rápido e barato, visto que, por meio dela, é possível realizar muito mais operações em um tempo menor. Porém, isso não significa que um seja melhor que outro. É apenas uma questão de preferência do criador ou do proprietário do token. 

Interação entre carteiras

Uma wallet ou carteira ERC consegue se comunicar com outras que usam o mesmo protocolo. Assim, carteiras diferentes criadas no ERC podem trocar valores sem dificuldades ou bloqueios, a qualquer momento e de qualquer lugar.

Saiba mais sobre criptomoedas

Saber o que é ERC é muito importante para adquirir criptomoedas e até criar a sua própria. Continue navegando pelo blog da NovaDAX para ficar ainda mais por dentro do mundo das moedas e dos ativos digitais. Assim, você conhece mais ainda os blockchains e como eles funcionam. Aproveite nossos conteúdos gratuitos!

Compartilhe

Leia mais