[rank_math_breadcrumb]

SEMANA DE MOEDAS: MATIC LISTADO NA NOVADAX

Nesta Semana da Moeda, vamos listar uma série de tokens novos e o primeiro é a MATIC! Agora você já pode negociar MATIC na NovaDAX!

Ainda não ouvi falar do projeto MATIC? Leia o artigo para o conhecer melhor!

 

O que é Polygon (MATIC)?

Polygon é um protocolo que tem como meta facilitar a integração de dapps, sidechais e prover escalabilidade na rede Ethereum sendo uma segunda camada com baixo custo. Para entregar esses atributos, o projeto leva como base a entrega de excelente experiência do usuário. A justificativa, é que para entregar um protocolo resiliente, as aplicações precisam escalar. E com isso, facilitar a adesão e uso de diversas personas para as possibilidades.

Esse protocolo está construído sob um framework (modelo) herdado do projeto Plasma. O código fonte é uma implementação de ERC-20 no que diz respeito aos ativos para transacionar na rede (Ethereum como primeira camada) e fazer a interoperabilidade entre dapps e sidechains. A base do consenso ainda se dá via proof-of-stake.

O protocolo funciona de que o usuário faz um depósito do ativo para o smart contract na rede Polygon através da camada 1, que no caso é o Ethereum;

Após confirmada transferência com o a validação do bloco na rede, o colateral do saldo é refletido na rede Polygon;

Agora é possível usar o Polygon e desfrutar de todo potencial oferecido na rede (taxas baixas, rapidez nas transferências, usar dapps, gestão de NFT’s e muitas outras tarefas).

 

Quais as vantagens do Polygon?

O projeto provou sua resiliência ao longo dos tempos e o crescimento das soluções De-Fi permite que desenvolvedores de dapps aproveitem o que o protocolo oferece para integrar suas soluções com as demais opções no mercado.

Com Polygon é possível conectar outras soluções e fazer o transporte através do token MATIC e outro token que esteja no padrão ERC-20 e ERC-721.

Além disso, o projeto oferece um SDK (programa para facilitar a criação de aplicações na rede Polygon) para agilizar a construção do produto.

Essa mentalidade, vai de encontro com a premissa levantada pelos mantenedores do projeto sobre experiência do usuário. Ajudar desenvolvedores com a escalabilidade é consequência direta para entregar os benefícios da rede para os usuários não técnicos.

A rede tem potencial para gerar blocos a cada 2 segundos com uma quantidade de 7000 transações por segundo.

 

Como a rede Polygon é protegida?

O usuário faz um depósito do ativo para o smart contract na rede Polygon através da camada 1, que no caso é o Ethereum;

Após confirmada transferência com o a validação do bloco na rede, o colateral do saldo é refletido na rede Polygon;

Agora é possível usar o Polygon e desfrutar de todo potencial oferecido na rede (taxas baixas, rapidez nas transferências, usar dapps, gestão de NFT’s e muitas outras tarefas).

Fazer hold (stake) do token MATIC na carteira oficial, permite ao usuário ser um agente de segurança nessa rede. Além de ajudar a validar as transações, é possível delegar entre os participantes que atendam os critérios de diligência a produzir blocos dentro dessa rede.

Os produtores de blocos elegidos via os holders, tem como missão fazer a rede andar. Ou seja, são responsáveis por dar vazão aos blocos gerados. Estão sob critérios da rede e são grandes provedores (holders) na tarefa de fazer o stake do token MATIC via a carteira oficial.

 

 

 

 

Compartilhe

Leia mais