Solana (SOL)

Recentemente popular, o projeto Solana foi criado em abril de 2021 e já está concorrendo com grandes criptoativos em 2022, como a Cardano (ADA) e até o Ethereum (ETH) — que disputa frente a frente com a primeira moeda digital, o Bitcoin (BTC).

Inclusive, em 2021, a moeda SOL tornou-se uma das 10 maiores do mundo, valorizando em cerca de 350% apenas no mês de agosto, o que somou um aumento de 5.970% durante o ano.

Com essas informações, não é estranho que os investidores demonstrem interesse nessa moeda digital. Aliás, você sabe o que é Solana e quais são as qualidades dela no universo de criptos? Mais adiante iremos te explicar tudo isso e mais!

O que é Solana?

Em termos simples, Solana é uma rede blockchain que oferece aplicativos escaláveis para vários projetos no universo de criptomoedas, como DeFi (Finanças Descentralizadas), NFTs (Tokens Não Tangíveis) e entre outros.

Mesmo que tenha uma certa semelhança com o Ethereum, os processos são mais focados em garantir transações mais ágeis, alto rendimento e taxas de transação mais baixas. Para isso, são utilizadas novas tecnologias que ajudam nessa agilidade, como o Proof of History (PoH) — Prova de História, em português.

Esse mecanismo é essencial para manter a rede blockchain Solana em funcionamento, já que, por meio dele, as operações são aprovadas e continuadas.

As criptomoedas mais conceituadas do mercado em um só lugar.

Para começar a investir, é importante saber quais são os principais tipos de criptomoedas do mercado de modo a diferenciar e conhecer as especificidades de cada uma. Veja!

Como funciona?

A plataforma foi construída com o objetivo de ser rápida. Para entender melhor, hoje, Bitcoin e Ethereum operam 5 e 15 transações por segundo, respectivamente, enquanto a Solana executa mais de 50 mil.

Esse tipo de velocidade é essencial para os projetos de reconstrução do sistema financeiro, que se renovam para processos descentralizados e mais ágeis — DeFi.

O PoH, mecanismo de consenso que mencionamos acima, é um sistema único da Solana, que ajuda a registrar o momento exato da conclusão da transação, melhorando a escalabilidade da rede e permitindo que cada “nó” — membro/usuário — valide de maneira independente.

Vale lembrar que a escolha dos validadores não é feita por acaso. Esse processo ocorre pelo algoritmo Proof of Stake (PoS), Prova de Participação, em português, que escolhe aqueles nós com maiores stakes, priorizando-os.

Quais são as vantagens de operar na Solana?

Além do mecanismo de consenso, a plataforma Solana destaca-se em outros pontos, como a rapidez na criação de blocos de 400 ms, sendo capaz de processar milhares de transações por segundo. Porém, esse não é alcançado sozinho, mas pela junção de diferentes ferramentas, como:

  • Tower BFT: tipo de versão otimizada do algoritmo de consenso PBFT (Practical Byzantine Fault Tolerance), que aproveita as vantagens do relógio sincronizado para o consenso ser alcançado sem nenhuma sobrecarga de mensagens;

  • Turbina: protocolo de propagação de blocos que os ajuda na transmissão para os nós de maneira mais rápida, ao dividi-los em pacotes menores;

  • Cloudbreak: banco de dados com escala horizontal, essencial para a escalabilidade da rede Solana;

  • Pipelining: unidade de processamento de validação que ajuda no compartilhamento e na replicação das informações dos blocos validados.

Token SOL

A criptomoeda nativa da rede Solana é o token SOL. Essa moeda digital é usada para pagar as transações da plataforma, como o uso ou a criação de smart contracts. Além disso, é utilizada no mecanismo de consenso PoS como patrimônio para ser um validador.

Invista o seu patrimônio com a NovaDAX

Que tal começar a investir em SOL? Na NovaDAX, você encontra essa criptomoeda e outras para montar a estratégia necessária para fazer o seu patrimônio dobrar de tamanho. Cadastre-se na nossa plataforma agora mesmo.