chave publica e privada

O que é Chave Pública e Privada no mundo das criptomoedas?

Você é novo no mundo das criptomoedas e ainda não conseguiu entender o conceito de Chave pública e Chave Privada? 

Nós da NovaDAX fizemos este artigo para te ajudar a entender esses termos de forma simples e rápida. O que são chaves públicas, o que são chaves privadas e qual a melhor maneira de armazená-las, evitando assim cair em golpes e perder todo seu investimento em criptomoedas.

As chaves privadas para criptografia foram criadas em 1970 para aumentar a segurança em computadores e sistemas. Ela foi concebida para que você pudesse acessar um conteúdo criptografado, tal qual a senha do seu cartão de crédito/débito ou a senha para acessar seu e-mail.

O que é uma chave pública?

Chave pública é o endereço da sua carteira. Se por exemplo, a “pessoa A” quer enviar 1 Bitcoin para você, vai ser necessário informar a ela sua chave pública (endereço da carteira), para que ela conclua a transferência. Da mesma forma quando vamos transferir 100 reais para outra pessoa através de bancos convencionais. A pessoa que vai receber o dinheiro deve informar os dados da conta ou o código PIX para a pessoa que vai realizar a transferência.

Cada pessoa tem direito a apenas uma Chave Pública (carteira)?

Não. Você pode ter diversas carteiras digitais ou físicas e cada 1 delas vai ter um endereço diferente. Em algumas situações elas vão variar de endereço de acordo com a moeda que você está enviando.

Por exemplo: Para receber Bitcoin (BTC), você terá um endereço de carteira e para receber Ethereum (ETH), você terá outro endereço de carteira para a transação, mas isso varia de acordo com onde está sua carteira e por qual rede você vai transferir entre outras variáveis.

Como uma chave pública (carteira) é criada?

Elas são geradas por empresas ou exchanges automaticamente, basta você solicitar a criação de uma conta em uma exchange ou baixar um aplicativo.

Por exemplo: Quando você cria sua conta na NovaDAX, automaticamente nosso sistema vai criar uma carteira para você armazenar suas criptomoedas e através dessas carteiras você também pode enviar para outras carteiras, sejam elas dentro de corretoras ou não.

O que é uma chave privada?

Quando você compra um imóvel, carro, armário ou qualquer coisa que contenha uma fechadura, automaticamente recebe também uma chave para abri-la, correto?

Neste caso, a chave privada é como a chave da sua casa ou carro, por exemplo. Ela te dá direito a abrir sua carteira (local onde você guarda suas criptomoedas) ou fazer uma transferência de criptomoedas.

Outros exemplos de chaves privadas são as suas senhas do banco e do cartão de crédito/débito. Quando você vai pagar uma compra no débito por exemplo, a senha do seu cartão é a sua chave privada, que garante que você está autorizando o pagamento de determinado produto fazendo com que seu dinheiro seja transferido para o dono da loja.

Chaves privadas de backup

As chaves privadas de backup são criadas para cada carteira. 

E para que elas servem?

Imagine que você tem uma carteira com suas criptomoedas instalada no seu computador ou celular, mas que em algum momento, independente do motivo, você tenha que trocar esse computador ou celular. As chaves privadas de Backup são a sua segurança, porque somente elas  vão comprovar que você é o dono daquela carteira.

Toda vez que você reinstalar uma carteira em outro dispositivo, será necessário colocar a sua chave privada de backup, ou a carteira não irá carregar. Essa é a forma segura de sua carteira não ser invadida.

As chaves privadas de backup dessas carteiras são palavras criadas aleatoriamente em uma ordem também aleatória, toda vez que uma nova carteira é criada.

Cuidados com suas chaves privadas

As suas chaves privadas devem ser guardadas assim como as suas senhas de cartões, e-mail e coisas que o valham. Separamos algumas dicas para você não cair em golpes e perder suas criptomoedas.

1 – Não salve suas chaves privadas em documentos, fotos ou prints em seu computador ou celular, pois os mesmos podem ser hackeados.

2 – Não compartilhe com ninguém que você não conheça e confie, as suas chaves privadas .

3 – A melhor forma de guardar suas chaves privadas, principalmente as de backup, é anotando-as em um papel e as armazenando em um lugar onde você não as perca.

4 – Ative as autenticação de 2 fatores para todos os seus acessos a corretoras, carteiras e também aos seus e-mails, evitando assim sofrer com fraudes e roubos.

5 – Se possível não deixe o acesso às suas carteiras e exchanges no seu celular principal. Se você tiver a oportunidade de ter um celular secundário que não saia da sua casa com você, é uma boa opção para evitar perder suas criptomoedas com roubos.

Agora que você já entendeu a diferença entre chave pública e privada, que tal começar a investir através da NovaDAX e aproveitar que não cobramos taxa para as negociações em Bitcoin?

Compartilhe

Leia mais